Muros de Arrimo - Concrelaje

Muro de arrimo ou muro de contenção é um tipo específico de muro que serve para conter deslizamentos em terrenos inclinados ou pode ser construído em um terreno com o objetivo de fazer o aterramento dele para nivelá-lo e assim permitir a construção da obra.  Ele é um recurso de segurança para terrenos que possuem declives e/ou com inclinação que receberão cortes para se tornarem planos.

O muro de arrimo pode ser construído para preparar o terreno para uma obra. Esta é provavelmente a primeira etapa de execução da construção. Há várias formas de construir um muro de arrimo e isso pode variar de construção para construção, pois vai depender muito do desnível do terreno.

Quando construir um muro de arrimo

É necessário em terrenos que apresentam alguma inclinação (aclive ou declive). Assim, para construir no terreno é preciso fazer cortes ou aterros para que se consiga uma superfície plana (chamada de platô).

Quando não existe sobra de espaço no terreno se forma uma espécie de degrau entre o perfil natural do solo e a área plana. É ai que entra o muro de arrimo,  para segurar a terra da parte mais alta, impedindo que o solo retido na área mais alta deslize sobre a área mais baixa. É uma estrutura que quando bem feita, garante a segurança e a estabilidade da construção e assegura o bem estar da família.

Materiais

Os muros de arrimo podem ser de blocos estruturais de concreto ou de cerâmica, estruturas de concreto, estrutura mistas de perfis metálicos e blocos de concreto, de pedra e cimento, com gabiões de pedra (gaiolas formadas por redes de aço zincado preenchidas com pedras) ou mesmo de solo-cimento, uma técnica antiga de mistura de terra e cimento.

Muros de arrimo seguram uma quantidade significativa de terra, bastante pesada e ainda mais quando chove. Logo, é importante que um calculista faça o correto dimensionamento destas estruturas. Normalmente ele é feito com concreto armado, mas o melhor a fazer é consultar um engenheiro que irá calcular a quantidade de terra necessária, a pressão e a resistência que o muro precisará ter. A partir desses dados ficará mais fácil determinar como  o muro será erguido, quais materiais poderão ser usados, entre outras coisas.

Água

Quando chove, a água encharca a terra e a faz ganhar mais peso. Isso traz o risco do solo de um terreno declinado desmoronar e atingir o que se encontra mais abaixo. Logo, dois cuidados são necessários: primeiramente, o cálculo estrutural deve contemplar a carga adicional proporcionado pela água. Além disso, devemos tentar tirar o máximo de água da parte de trás dos muros para aliviar o peso. Isso pode ser feito a partir de um sistema de drenagem: drenos que levam a água para as laterais do muro, podendo ainda atravessá-lo e estarem na sua parte frontal.

Por fim, é essencial que a obra do muro de arrimo seja feita por ótimos profissionais, desde o planejamento à mão de obra na execução. O acompanhamento técnico é imprescindível.

Voltar